Indústria sente impacto da pandemia, principalmente no faturamento

Levantamento realizado pela Fieg/CNI mostra que retração na demanda por produtos e dificuldades para aquisição de insumos refletem na liquidez das empresas

A Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg) e a Confederação Nacional da Indústria (CNI) realizaram pesquisa junto à base industrial goiana para verificar os impactos das medidas de isolamento no setor. O levantamento, realizado nos dias 27 e 28 de março, revela o impacto na demanda por produtos, na aquisição de insumos e matérias-primas, na produção, no emprego, na liquidez, no acesso ao capital de giro e na logística.

De acordo com a sondagem, a crise pandêmica já causa queda intensa para 67,65% das empresas consultadas, impactando na liquidez dos negócios, em especial nos compromissos já firmados e naqueles necessários para manutenção da atividade.

Compartilhe